Caprichoso faz história no primeiro Carnaboi em Parintins
01/03/2017 - 12h46 em Parintins

Banda Canto da Mata, Júnior Paulain, Edmundo Oran, David Assayag e Prince do Caprichoso foram atrações no trio elétrico

 

Uma multidão azulada seguiu o trio elétrico do Caprichoso no primeiro Carnaboi, no Bumbódromo, na noite de segunda-feira, 27 de fevereiro. As atrações do Boi-Bumbá Caprichoso foram a Banda Canto da Mata, Júnior Paulain, Edmundo Oran, David Assayag e Prince do Caprichoso. Os torcedores vibraram e cantaram as toadas até a madrugada de terça-feira, 28.

Os itens substitutos Rainha do Folclore, Haylane Santos, a Porta-Estandarte, Marta Caroline, o Pajé, Samuel Gomes, Vaqueirada, os componentes dos grupos Troup Caprichoso, Corpo de Dança Caprichoso (CDC), torcidas Raça Azul e Força Azul e Branca (FAB) dançaram ao som do ritmo da Marujada de Guerra, na arena do Bumbódromo. Os músicos da Banda Caprichoso e Canto Parintins tocaram com os cantores no trio elétrico.

O Carnaboi em Parintins, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, vai entrar no calendário de eventos, conforme o prefeito, Bi Garcia. “O Carnaboi é um sucesso e entra definitivamente no calendário de eventos culturais, dentro do Carnailha. A segunda-feira é do Carnaboi. O Carnaboi é um aquecimento para realizarmos um grande festival folclórico este ano”, afirma.

O diretor de eventos do Boi Caprichoso, Helyandro Tavares, destacou que o presidente da associação cultural, Babá Tupinambá, não mediu esforços para o bumbá fazer parte do primeiro Carnaboi em Parintins. “Tivemos muita energia, muita garra da nação azul e branca pentacampeã do festival, a mais animada e organizada. Parabéns ao prefeito e vice-prefeito pela iniciativa. No próximo ano será melhor ainda”, ressaltou.

O cantor Mailzon Mendes, da Banda Canto da Mata, se sentiu emocionado em abrir o Carnaboi. “Foi aqui que nossa história começou. É gratificante isso para nós. O boi é ‘fera adormecida’ e precisamos acordá-la. Mostramos hoje que temos força para isso. Só foi o início e vem mais coisas boas aí, no próximo ano, com melhor estrutura, para trazer as pessoas a Parintins para conhecer o Carnaboi”, enfatizou.

A torcedora do Caprichoso, Rebeca Brelaz, gostou do primeiro Carnaboi em Parintins. “O Carnaboi é de Parintins e tem que ser da terra do boi-bumbá. É aqui que tem mais gente que ama o Boi Caprichoso e o contrário. Tem que ser de Parintins mesmo, com certeza. Os bois são de Parintins e acredito que esse evento vai fortalecer a nossa cultura. É muito bom o nosso carnaval com o ritmo do boi-bumbá”, declarou.

COMENTÁRIOS