Emoção marca noite da Marujada de Guerra no Bar do Boi
11/06/2017 - 18h27 em Bar do Boi

O sentimento que resume perfeitamente o Bar do Boi realizado no sábado (10) é emoção. O evento celebrou os 25 anos da Marujada de Guerra em Manaus e trouxe, diretamente de Parintins, a Porta Estandarte do Caprichoso, Marcela Marialva.

Pelas vozes de talentosos artistas azuis, toadas de todos os tempos abriram a noite que reservara surpresas ao grande público presente. O primeiro rufar de tambores do melhor ritmo do Festival veio ao lado do ex-Apresentador Junior Paulain, que retornara ao evento.

O Levantador de Toadas do Caprichoso, David Assayag, entoou no show principal o repertório do ano e, com Junior Paulain, anunciou a chegada da Porta Estandarte. Marcela Marialva surgiu no meio do público em êxtase. No palco, emocionada, recebeu do Boi Caprichoso o pavilhão e, como um furacão azul, evoluiu com amor e garra.

Arlindo Junior subiu ao palco do Bar do Boi para recordar sucessos da parceria com a Marujada de Guerra no Festival. Coube também ao Pop da Selva apresentar a emocionante homenagem a personalidades que marcaram os 25 anos do item em Manaus, com a entrega do troféu ‘Marujo de Guerra’.

Últimos preparativos para o Festival

 

A Marujada de Guerra está na reta final de preparação para o 52º Festival Folclórico de Parintins. Faltando menos de vinte dias para o espetáculo ‘A Poética do Imaginário Caboclo’ na arena do Bumbódromo, o item 3 do Caprichoso promoverá seus dois últimos ensaios nos dias 15 e 23 de junho.

Os ensaios técnicos da Marujada de Guerra são realizados no Atlético Rio Negro Clube, Centro de Manaus, sempre com início às 19 horas.

Como forma de viabilizar a ida de integrantes a Parintins, a Marujada de Guerra promove rifa que contemplará ganhadores com passagens fluviais, ingressos do Festival e camisas oficiais do Caprichoso, além de prêmio em dinheiro.

A rifa da Marujada de Guerra custa R$ 5 e está à venda com seus integrantes. O sorteio ocorrerá dia 24 de junho, no Bar do Boi de despedida da temporada.

 

Fotos: Domingos Raposo.

COMENTÁRIOS