Caprichoso apresenta revolucionário espetáculo coreográfico no Teatro Amazonas
29/03/2018 - 13h24 em Boi Caprichoso

Da cultura erudita para a popular. O Boi Caprichoso firma os pés no templo sagrado Teatro Amazonas para revolucionar com a gravação do DVD “ Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral, sábado, dia 31 de março em Manaus.

“Quando os tambores da Marujada ecoarem dentro do teatro, teremos de fato uma verdadeira revolução”. Assim, define o espetáculo a historiadora e coreógrafa, Irian Butel, responsável pelo grupo "Arte Sem Fronteiras" que fará parte do elenco.

O Auto do Boi, origem e tradições do boi-bumbá, norteará a gravação com cerca de 200 pessoas envolvidas com a produção,bailarinos, coreógrafos, artistas, figurinistas e produtores.

O produtor do espetáculo, pesquisador e teatrólogo Márcio Braz, ressalta que a criação do projeto se fundamenta nos saberes populares da Amazônia representados por Pai Francisco e Mãe Catarina, que irão dominar todo o espetáculo.

“Isso é importante porque estamos posicionando Pai Francisco e Catirina na estrutura do enredo. Não apenas uma fala, um canto, é como lendas e rituais, que tenham sentido por conta dessa lenda, do desejo de um saber popular que acabou engendrando toda essa história”, explica.

Adequando-se a estrutura do Teatro Amazonas, os itens oficias farão parte da cênica dos movimentos Corpo de Dança de onde se revelarão para evolução. De acordo com Márcio, a novidade está no trabalho coreográfico diferenciado por se tratar de Teatro Amazonas e necessita de técnica e um novo olhar.

Todos os blocos de gravações são considerados por Márcio Braz, fortes e surpreendentes. “ As aparições do boi, Pai Francisco e Catirina, o bloco de ritual é um bloco forte, não só por excelência de toadas, mas coreográfico” assegura o produtor.

"Estamos de fato ansiosos para executar essa obra, criada com carinho eperfeição”, destaca o coreógrafo e bailarino Wilson Junior do grupo Arte Sem Fronteiras, que fará a execução das toadas: É dia de boi, Traidor, Divina Senhora, Azulou, Ancestralidade e Boi de Negro. Para contar e defender o tema o Caprichoso também terá no elenco Raça, FAB, Troup, CDC, Grupo Caximira e Balé Folclórico do Teatro.

Fotos: Dheyson Lima e Fabíola Menezes

COMENTÁRIOS