Caprichoso se livra de bloqueios judiciais e está apto para firmar convênios
12/06/2018 - 16h51 em Boi Caprichoso

O Festival de Parintins vem apresentando dificuldades por conta dos recursos bloqueados

 

O Boi Caprichoso está livre dos bloqueios judiciais e está apto para fazer convênios, graças ao trabalho e articulação do presidente, Babá Tupinambá, e do vice-presidente, Jender Lobato, que estiveram em audiência com o juiz do trabalho, José Antônio Corrêa Francisco. 

Há anos, o Festival de Parintins vem apresentando dificuldades, por conta dos recursos bloqueados que inviabilizam a realização de convênios e a liberação de recursos. Com o acordo feito junto aos colaboradores que têm processos trabalhistas contra o Caprichoso, o nome do Boi Negro de Parintins volta a sua cor natural. 

“Nossa gestão prima pela conciliação”, explica o dirigente Azulado. Babá e Jender também agradecem a participação do Prefeito Bi Garcia no processo de contato dos bois com a justiça do Trabalho. Também são importantes o trabalho e as orientações do governador do Estado, Amazonino Mendes, e do presidente da AmazonasTur, Orsine Júnior. “Essa união é muito importante para fortalecer a nossa festa”, afirmaram os dirigentes.

Assim, o Boi Caprichoso passa a ter suas certidões negativas, o que viabiliza a possibilidade de firmar convênios normalmente com entidades das esferas públicas e privadas, sem nenhum tipo de problemas.

COMENTÁRIOS